terça-feira, julho 10, 2012

DELASNIEVE DASPET - " NEM SAI DO NINHO"

 
Foto de Aurora - às margens do Rio Paraguai - em Porto Murtinho-MS
Nem sai do ninho....
Delasnieve Daspet
.....Deixei que a vida escorregasse
Como gota de chuva.
Senti cheiros, relembrei atitudes,
E tomou conta a saudade ...
...O outono apareceu em todas as folhas,
Sumiu com o verde das árvores;
Irriquietos, os passarinhos me trouxeram,
Lembranças de alhures...
.Preciso de mais tempo,
Um tempo aliado, que não cobre,
Pois, bem sei,
Não dá para viver de poesia
..Também não posso viver de adeus....
Debaixo de um olhar em chamas
Sempre existira um sonhador.
E não há adeus quando não se esquece
..Amanhece... a manhã chega lépida,
E eu ainda não estou  pronta para  o palco...
Nem sai do ninho....
..
É descorcentante a forma como nos deparamos conosco...
A angústia se agiganta e a gente não acha solução...
Quando me encontro assim sou como   uma bolha enorme...
Õca de sensações  e, aí  saio a esmo,  vendo as coisas,
Vendo-me , sem as vendas,  que me vendam...
DD_Delasnieve Daspet -Campo Grande-MS - 03-04-05

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget