sexta-feira, setembro 27, 2013

Desiderato - por Delasnieve Daspet



Desiderato
Delasnieve Daspet
.
Tocam os tambores...
Dia e noite o suor cobre o homem
Que se esquece das turbinas
Que se aceleram.
.
Cantamos, pulamos, dançamos,
Vamos  nos alienar enquanto o mundo sangra,
E o medo se infiltra em nosso âmago.
.
Tanto vai e vem,
Tocam as trombetas,
Os sinos ecoam,
É a pré-agonia.
.
Queremos fugir,
Mas ir para onde se a destruição
Está em todos os lugares?
.
Não adianta clamar agora,
Estamos todos nesse barco,
Já que contribuímos
Com a  nossa omissão.
.
Ganhamos o ar,
Ganhamos a água,
Ganhamos a vida,
E praticamos a morte...
.
Sonhos se perdem no azul cristalino,
O pavor brota do solo
Como cogumelo, vingativo,
Conseguimos o nosso desiderato.
Delasnieve Daspet - Campo Grande-MS, 08.02 de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget