terça-feira, novembro 18, 2008

Mulher Indígena

Mulher Indígena
Delasnieve Daspet


Tu que perfumas a vida,
Que grita pela igualdade,
Que clama solidariedade,
Que conhece o sol e a lua,
O amanhecer e o anoitecer,
Que vive na penumbra,
Invisível à sociedade.

Tu que integras a natureza,
Sofre discriminações de todo tipo,
Redescubra teus valores e interesses
Teus sonhos e esperanças,
Planos e sentimentos
Na construção de uma comunhão sólida e interna,
Assume o espaço que é teu
Na terra que é tua por direito!


Necessitas,
Não para uma satisfação pessoal,
Mas no todo que somos,
Uma comunhão que garanta
Paz de espírito e fidelidade,
A segurança do sincero e do duradouro
No futuro harmônico e seguro.
Do esforço de cada um
Sem crise de continuidade...

Lembrando que somos partes da mesma Terra,
Vem!
Vamos juntas,
Em busca da Paz!
Lima-Perú – 15.04.08
Midi -Andes.wav

Dedicado à todas as Mulheres e Líderes Índigenas presentes ao
Primer Foro Internacional de Mujeres Índigenas
13-16 de abril em Lima - Perú

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget