terça-feira, junho 16, 2009

Estigma




ESTIGMA

Delasnieve Daspet


Ser pobre
Sempre foi um estigma.
Houve momentos - e ainda há -
em que a pobreza material
Foi e é banalizada pela sociedade!

Pobre é bandido! - Se diz!...
Não é, não!
Miseráveis sofrem a miséria
Que lhes é imposta
Por uma sociedade injusta,
Sem leis,
Sem verdades!

Pra que miséria maior
Que essa chaga política
Que abrigamos?
Eles vivem a miséria moral
E nós - a desdita de aturá-los!

Vivemos em estado de perplexidade
Das cobranças que nos fazemos!
De que honra falar?
Em qual verdade investiremos?
A cada gesto impune
Se destrói a ilusão que nasce!

Por que temos de carregar
Este estigma?!
Este sinal infamante
Que nos foi legado pela história
De sermos um povo bom, passivo e corrupto?!

Vamos sair da miséria moral
Em que chafurdamos no dia a dia.
E que o nosso estigma seja
Receber o pólen que fecunda
A flor da esperança!

A oportunidade nos é dada....
Obrigue-se a extirpar as chagas,
Exerça teu direito!
*DD_ 17- 02 -2002
Campo Grande MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget