terça-feira, outubro 16, 2012

Fragmentos das cartas que fomos. - Delasnieve Daspet

Fragmentos das cartas que fomos.
            Delasnieve Daspet
.
Senti saudades do romantismo.
Como era bom o tempo que
esperava tuas cartas.
.
Hoje tudo está tão mecânico.
Num flash-bach rememorei,
antes dos e-mails, as tuas cartas.
.
Peguei na caixinha
todas as cartas trocadas,
amarradas com fita de cetim vermelha.
Algumas já desbotadas na cor,
escrito em finos papéis de seda,
carregavam o perfume do amor.
.
Quanto romance naquelas cartas!
Quantas saudades sentíamos,
quanto carinho tínhamos,
tanto amor, hoje, fragmentos.
.
Com surpresa e avidez reli,
lamentando o que perdi
nas cartas que fomos...
DD_Delasnieve Daspet- 13-04-03 - Campo GrandeMS

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=71244&cat=Poesias&vinda=S
fascinacao_violino-wav

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget