sábado, outubro 13, 2012

Delasnieve Daspet in "Hora de Acordar..."

.
Hora de Acordar...
Delasnieve Daspet
 .
No dia a dia descortinam-se
Barreiras de indiferenças
Do homem para com seus semelhantes,
Do homem para com a natureza,
Do homem para com a Humanidade....
 .
Criados para o amor
Temos nos refugiado na descrença,
Criados  para viver
Temos nos aperfeiçoado no matar ou morrer...
 .
Criados para a luz
Inventamos – no egoísmo – na falta da sensibilidade
A escuridão para a vida!
 .
Noites sombrias de embriaguez,
- em  loucos delírios –
Aumentamos o vazio da existência...
 .
Criados para a alegria
Nos perdemos para a satisfação do momento
No nosso labirinto íntimo...
 .
Não seja  indiferente...
Ouça o chamado... vem... vem, agora!
Saia de dentro de ti,
Da prisão de  tua frieza,
Da escuridão que te cobre...
 .
Vem!
Vem, para fora!
Saia do teu íntimo egoísta,
Reveste a alegria e da liberdade,
Na construção de um mundo de PAZ!
 .
Vem!
Te chamo....  Chamo a ti e a todos,
Está na hora de acordar,
Está na hora de jogar para o escanteio,
A fome, a miséria, a injustiça e a guerra,
E tantas outras violências...
 .
Vem!
Te espero e te busco nesta caminhada!
Abra os olhos e o coração
Para partilharmos o incomensurável dom da vida
Que recebemos!
DD_DelasnieveDaspet - Campo Grande-MS-12-03-08
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=143262&cat=Poesias&vinda=S

Um comentário:

  1. as pessoas vivem dentro do seu medo, não atendem os chamados,preferem fechar as janelas e sentarem na frente das suas televisões

    ResponderExcluir

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget