domingo, maio 27, 2012

Versículos ( 1 ) - autoria de Delasnieve Daspet

Versículos (  1 )
        Delasnieve Daspet
.
Dedilho o violão,
Ensaio uns passos de dança,
Minha parceria é comigo...
.
Ainda que caminhe muito tempo,
Pelas sinuosas estradas
Eu vou...
.
Quem é essa pessoa que vejo,
No reflexo que me olha?
O mar  reflete a  prata da lua, sou eu?!
.
Gargalho...
Rio ate doerem meus motivos...
Só o louco ri quando não há motivo de riso.
.
Minha cabeça está pesada,
Na claridade da luz
Que surge pela fenda da janela...
.
O passado...
Se reduz às cinzas
Da memória...
.
A esperança,
A espera,
Tão doce!
.
Deixo a razão de lado
Nada é racional,
Nada é normal.
.
As vezes não dá
Para sair do parapeito...
O recurso é pular!
.
Dormir,
Morte diária
Aos pedaços!
DD_ Campo Grande – MS, 05 de janeiro  de 2012

3 comentários:

  1. SEUS DESENHOS SÃO MUITO LINDO, DÁ UM TOQUE ESPECIAL A FORÇA DO POEMA... ELIANE POTIGUARA

    ResponderExcluir
  2. Eta coisa linda, como sabes escrever bonito, parece uma artesã das letras, suavisa os sentimentos em frades tão belas de causar água nos olhos.

    ResponderExcluir

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget