segunda-feira, outubro 11, 2010

Olhos cor de chuva... Delasnieve Daspet

Em Paris...
Olhos cor de chuva
   Delasnieve Daspet
.
Hoje as lembranças vão acabar;
Vou afugentar as lágrimas solitárias...
Um novo sonho vou buscar.
.
Hoje, não vou respirar o suspiro de tristeza;
Vou olhar o sol nascente no novo dia,
Pois quando o violino tocar
As folhas balançarão no ar...
.
Hoje, finalmente, verei o sol-por
Nos olhos grandes e belos,
Amarelos e ensolarados,
Olhos cor de chuva,
Em dias de cinza nublado...
.
Hoje, já não importa,
Se nem lembranças sobrou
Na sombra o gesto calou...
Já não vou chorar,
Tenho coisas para recordar...
.
Ouvirei sinos a noite...
Não se ouvem sinos a noite?!
Não importa, já se foi a minha primavera,
Mas deixaram a tarde plúmbea;
Cinzas... mar após a tempestade!
.
Hoje, olhos calmos e belos,
Cheios de luz da tarde,
Olhos molhados de chuva,
Olhos de saudade,
Hoje, enfim, posso dizer
Ainda te amo,
Mas não gosto mais de ti!
         Campo Grande-MS 16.01.05

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget