domingo, março 04, 2012

Longitudinal - poesia de Delasnieve Daspet

Longitudinal
Delasnieve Daspet
.
Disponho meu corpo
Em sentido longitudinal...
.
Faça o corte
De cima, abaixo,
Diga-me, ainda sou eu ?
.
Rasga-me a pele,
Abra-me...
Procuro-me...
Já não me reconheço!...
DD – Campo Grande, 06.01.11
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=158934&cat=Poesias&vinda=S

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget