sexta-feira, dezembro 10, 2010

Antítese - Delasnieve Daspet



Antítese
Delasnieve Daspet
.
Ouso interpretar o mundo
Não com novas teses
Pois não vou negar o tradicional.
Mas quero ver além do mostrado,
Do estabelecido.
.
Quero desvendar mitos.
Desconstruir.
Reelaborar.
Ser futuro no passado.
Ser o amanha, agora,
Hoje,  eternidade.
.
Quero e vou  ser a antítese
Refazer e erigir novos sonhos na caminhada,
Respeitando os preceitos da liberdade,
Nadando contra a corrente.
Sou oposição por contradição,
Convicção e  contrariedade.
.
Ando em busca da identidade-homem,
Que ruma ao mar...gota a gota,
Que pinga, não respinga.
.
Sei que perdão é renascer e que
Morrer é viver na contradição.
Ardo, cresço,
Crio raízes, feneço.
.
Delasnieve Daspet - 03-03-04 -  07,00 hs - Campo Grande MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget