segunda-feira, agosto 09, 2010

A Dificil Arte de Ser Mulher - Delasnieve Daspet



A Difícil Arte do Ser Mulher

Delasnieve Daspet
.
Cabelo desarrumado, sem pintura,
Unha quebrada,
Nervos à flor da pele,
Paciência quase nula...
Paranóia?!
Não! Não é!
.
Três ou quatro atividades:
Do lar - não, não é dólar...
Dos filhos, do marido, profissional....
É a rotina diária
De uma mulher!
.


E o tempo para si?
Nem imagina
O sacrifício de se equilibrar
Em saltos altos,
No rosto maquiado,
No sorriso colado na face,
E o cansaço de matar!


.
Ninguém imagina
Como é complicado ser mulher!
De como é difícil adivinhar
O que deseja o teu olhar...
E, o orgulho não deixar transparecer...
.
Ser sexy sem ser vulgar,
Ou ser difícil mas não tanto a ponto
De você desistir...
Boazinha, mas não boba...
Tudo isso requer paciência e inteligência!
.
E na hora que nos vestimos para você?
Imagina a pilha na cama?
E olhando o armário cheio de roupas,
Concluir, chorando: "Não tenho o que vestir!"
.
Imagina a nossa agrura,
A calça sonhada não entra,
A saia que nos deixa sensual esta apertada...
O lindo brinco, incomoda...
Sapatos apertados são as bolhas de amanhã!
.
No trabalho
As responsabilidades são as mesmas...
Mas na hora do salário...
É infinitamente menor!
.
É!... Ser mulher não é fácil!
DD_ Campo Grande, 04 de 03 de 09
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget