terça-feira, abril 06, 2010

ENCONTRO REGIONAL DO LIVRO, LEITURA DE MATO GROSSO DO SUL



O Fórum Estadual de Cultura de MS - foi convidado para participar do MS EM LETRAS - Encontro Regional do Livro e Leitura de Mato Grosso do Sul que será realizado a partir de amanha até o dia 9 de abril, no Centro de Convenções da cidade de Bonito e estará ajudando a construir o Plano Estadual de Livros, Leitura e Literatura - em desenvolvimento no Pais em âmbito federal, estadual e municipal.

O Forum Estadual de Cultura - FESC/MS apresentou as seguintes sugestões - sugestões estas, que foram tiradas da reunião do FESC do dia 20 de março p.p.,



1 – Colocar as escolas a disposição da cultura, com inserções de programas que dêem valorização ao livro (fomentar);

2 – Ir a locais previamente escolhidos em que há constatação de carência de habito de leitura, e contar histórias que constam no livro, que pretendem seja lido pelos ouvintes;


3 – Capacitar pessoas que tem afinidades para contar histórias e serem mediadoras e que sejam remuneradas; 4 – Criação de bibliotecas rurais itinerantes;


5 – Promover o funcionamento das bibliotecas durante os finais de semana, atuando como centro cultural;


6 – Aproveitar os “grandes mestres” das próprias regiões, em face de vivenciarem o dia a dia das localidades e serem conhecedores dos gostos e costumes da população;


7 – Editar livros, a partir de projetos em que as pessoas contam suas experiências e fatos que consideram importantes, ocorridos em suas vidas enquanto moradores em zonas rurais, por exemplo: quilombolas, indígenas e ribeirinhos;


8 – Tornar acessíveis as comunidades, as bibliotecas das escolas públicas;


9 – Incentivar a formação de profissionais para atuarem na área de biblioteca;


10 – Inserir ensino religioso de caráter ecumênico nas escolas;


11 – Formar professor leitor com atuação em horário determinado pela direção, por exemplo: nos trinta minutos finais, ele lê um texto do livro (escolhido) e posteriormente, os alunos fazem também a leitura, apresentando depois um resumo;


12 – Formar pais leitores (é na família que tudo começa);


13 – Preparar os futuros professores no exercício de serem formadores de leitores;


14 – Criar sistema seletivo que permite a escolha do livro, mais apropriado para ser utilizado no segmento da cultura pretendido, de acordo com a faixa etária do público;


15 – Contemplar as diversidades regionais;


16 – Promover fomento a projetos de leitura nas escolas, realizando a inter-relação dos conteúdos do livro ás diversas expressões artísticas e possibilitando contratações de artistas e grupos artísticos. locais;


17 – Oportunizar a colocação de “quiosques com livros”, nas rodoviárias, aeroportos e em áreas centrais das cidades, que possibilitem exposições e vendas de livros de escritores regionais;


18 – Promover rodada de negócios com o fito de facilitar as vendas e agilizar o retorno da parte que cabe ao autor;


19 – Permitir a venda de livros, em farmácias e bancas de revistas, com facilidade de comércio, a partir da criação de selo de comercialização;


20 – Incentivar produção de literatura Afro Sul-Mato-Grossense;


21 – Quando for para distribuir livros nas escolas, que façam com cinqüenta porcento de livros de autores sul-mato-grossenses;


22 – Incentivar a leitura e expressão literária indígena;


23 - Fomentar o estudo da lingua guarani - como fator de integração da América do Sul.



Delasnieve Miranda Daspet de Souza


Secretária Executiva do FESC/MS








A Sra. Delasnieve Daspet - sugeriu a criação de 4 eventos anuais:




- ENCONTRO DE POETAS DE MATO GROSSO DO SUL


- POESIA INTERNACIONAL NO FESTIVAL DE BONITO


- POESIA LATINO-AMERICANA NO FESTIVAL AMÉRICA DO SUL


- ENCONTRO DE ESCRITORES DE MS





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget