terça-feira, agosto 14, 2012

Sem Maquiagem - Delasnieve Daspet

 
Sem Maquiagem
               Delasnieve Daspet
.
Quatro da manhã...
Fito-me no espelho.
Um rosto límpido,
Despido,
Um rosto silencioso.
.
Vou pra sacada; fito o céu.
Noite límpida, sem estrelas...
Uma noite, também, sem maquiagem!
.
Mas a chuva cai.
Tudo escurece.
Amanhece nublado.
Como eu, o tempo mudou...
Cíclico, lunar, elástico;
Tempo de recomposição.
Renovo-me,
Me lambo,
Me limpo.
.
Ao longe uma gargalhada
Cínica e debochada.
Dispo-me na penumbra,
Continuo a ouvir o som de riso.
E vejo um corpo nu,
Um rosto marcado,
Uma mulher,
Um encontro:
Do eu!
DD_Delasnieve Daspet - 03/06/2001 - 00,20 hs Campo Grande MS
Poesias-->Sem maquiagem. -- 03/06/2001 - 14:41 (Delasnieve Daspet)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget