segunda-feira, maio 18, 2009





UM NOME.

Delasnieve Daspet

Perguntas um nome.
O que importa um nome?
Maria. Joana. Tereza. Luiza.
Graça, Severina, Chiquinha
Ou mesmo Delasnieve?
Aonde um nome levará?
Isso não importa!
Meu nome é Mulher!

Da janela da vida
Desnudo a carne,
Abro a veia de sangue.

E pingo. Pingas.
Gota a gota uma vida
Ao lado de indiferentes
Montanhas de rotinas e esperas!

Existe apenas um nome,
Com desgastes do corpo,
Das ilusões.
A certeza da vida que passa,
Dura e irônica,
Que não detém a corrente do tempo.
Apenas um nome que identifica:
Mulher!

De grão em grão, um a um,
O amor passa na existência,
Se vão amantes, maridos e filhos.
E no final, ficam andando sem rumo,
Vazias, sem vento,
Como resto de uma bola!

Um nome. Um sonho.
Fetiches do passado,
Guardados n'alma
Um brilho longínquo no olhar.
Um nome....que nome?
Somos todas iguais.

Mulher - deixa de ilusões.
Vista tua burca e olhe pela treliça,
- Burca de lembranças, -
De lembranças em lembranças,
Ao delírio - até a última entrega!

Um nome.
Metáfora de mulher.
Vidas esfareladas,
Sonhos desfeitos.
Duras como pedras, secas de vida,
Cheias de amor.
DD-21-06-2002 -Campo Grande MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget