sexta-feira, maio 31, 2013

Arahilda Gomes Alves - escreveu:





Arahilda Gomes Alves  - escreveu:

DD,mulher que não para um segundo
Cabelos curtos não levados pelo vento
emoldurando cabeça que muito pensa
Em tudo/ e vai espichando a corda
Até alcançar o balão
Atinge as nuvens/Pega uma estrela
Mas foge da lua
Pra não ter porre de sentimentos
Porque sabe ter a Paz que carrega
Em suas mãos
E escorrega na terra batida
Pronta pra semear
Florescem nos corações
Aos borbotões
Porque ela bem sabe plantar...
Improviso a provovante, em tarde-noite fria e chuvosa nas Gerais)"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar, por nos ler e por deixar um comentario.
Volte sempre!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget